quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Açude Pataxó: o ‘nó cego’ continua

Em novembro de 2019 o secretário de Gestão de Projetos na administração estadual, Fernando Mineiro, disse a uma comitiva do município de Ipanguaçu sobre a execução das obras no açude Pataxó: “A gente não tem parado [as ações] em relação a barragem de Pataxó. O problema é que a gente encontrou um nó cego em relação aquela barragem... problema no projeto... erro no projeto...”

Ele revelou ainda naquela ocasião que uma nova empresa havia sido contratada para fazer os ajustes no projeto de engenharia.

No ano passado, no mês de outubro, o RSJ voltou a falar sobre o assunto (Leia AQUI)

Estamos no início de mais um período de chuvas e o ‘nó cego’, ao qual Fernando Mineiro se referiu há mais de dois anos (leia AQUI), está difícil de ser desatado.


Parceiro anunciante


Um comentário:

  1. Enquanto estiver um jacaré por perto, esse nó não será desatado.

    Esdras Pessoa

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.