segunda-feira, 7 de junho de 2021

Sesap investiga caso confirmado de paciente com mucormicose

A secretaria estadual da Saúde Pública (Sesap) monitora um caso confirmado de mucormicose, infecção fúngica conhecida como fungo preto, em uma paciente com histórico de Covid-19. Com essa confirmação no RN, a Sesap esclarece sobre o que é, os sintomas e tratamento da doença.

A Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige), acompanha a situação clínica da paciente com 42 anos que teve o resultado positivo para micormicose, detectado por meio de uma biópsia. A equipe está avaliando também seus exames e histórico clínico.

A doença é tratada por meio de medicamentos antifúngicos. Quando a infecção chega ao estágio de necrose, as áreas afetadas precisam ser removidas por meio de cirurgia. O diagnóstico precoce e início imediato do tratamento adequado é fundamental para aumentar as chances de cura da doença, que apresenta uma taxa de letalidade de 50 a 60%.

Os estudos acerca da relação entre a mucormicose e a Covid-19 ainda estão em fase inicial, mas os infectologistas acreditam que a ocorrência da doença em pacientes com histórico de Covid-19 esteja relacionada ao seu estado debilitado, acometendo principalmente pacientes hospitalizados e em estado grave.



Parceiro anunciante


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Colocar nome no comentário.