segunda-feira, 10 de maio de 2021

Secretário que é uma exceção à regra

Um dos grandes problemas de qualquer administrador público é ter poucos auxiliares que se disponham a atender com presteza as demandas da população. E que saiam dos seus gabinetes para conhecerem a verdadeira realidade das comunidades.

O engenheiro agrônomo Guilherme Saldanha, secretário estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), é uma exceção à regra.

Na sexta-feira ele teve uma agenda no Vale do Açu. Um dos compromissos foi receber empresários com interesse em investir no Distrito de Irrigação Baixo Açu (Diba), em Alto do Rodrigues.

Outro compromisso foi uma reunião no gabinete da vereadora assuense Delkiza Cavalcante. A pauta foi voltada para a questão hídrica no município e de emenda parlamentar do deputado federal Benes Leocadio para perfuração de poços nas comunidades Fazenda Nova e Palheiros II.

Pensa que acabou. Na parte da tarde ele foi convidado para conhecer uma experiência de criação de peixe em tanques redes no açude Mendubim, em Assú . Ele tirou foto com o pessoal, mas não ficou só nisso. Subiu em uma canoa e foi ver a criação nos tanque-redes. No final, colocou a Sape à disposição do grupo para encontrar soluções para regularização da atividade.

Fotos via whatsapp

Entusiasta que é, Guilherme Saldanha revelou ao RSJ: “Fiquei encantado com o que vi, a luta deles [criadores de tilápia em tanque-redes], a coragem de enfrentar um desafio novo... Precisamos apoiar aquele pessoal”.

Pois é! Em um dia, fora do seu gabinete, o secretário deu encaminhamento a demandas do agronegócio, do setor público e do pequeno produtor, ao se disponibilizar em conhecer a realidade de uma experiência local.





2 comentários:

  1. Bemmmmmm diferente do prefeito ausente e da vice prefeita Flor de espinhos que só fazem fotos em obras que são do governo Fátima Bezerra.
    José de Alcântara Souza de Lima.
    Assu

    ResponderExcluir
  2. Bom exemplo a ser seguido inclusive pelos auxiliares municipais q não conhecem as atividades locais

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Colocar nome no comentário.