quarta-feira, 21 de setembro de 2022

Falésias de Pipa (RN): Justiça determina interdição parcial de pousada

O Ministério Público Federal (MPF) obteve decisão judicial que determina a interdição de parte da estrutura da pousada Marajoara, na área das falésias da praia de Pipa, em Tibau do Sul (RN).

Laudo técnico contratado pela prefeitura aponta que o empreendimento está situado em zona de instabilidade, com grave risco de deslizamento. Na ação civil pública em questão, o MPF já questionava irregularidades na construção da pousada desde 2015.

Pela decisão da 1ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, a Defesa Civil de Tibau do Sul deve dar cumprimento imediato à interdição da construção próxima à borda das falésias, que compreende apartamento, deck de madeira e piscina infantil.


Parceiro anunciante



Um comentário:

  1. São essas coisas que eu jamais vou entender. Em vez de interditar agora, gerando um prejuízo, por que não o fizeram, quando de sua construção, há 7 anos?

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.