sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Campanhas ‘sem régua e compasso’: o amadorismo prevalece

No RN, em muitas campanhas de candidatos nessas eleições prevalece o amadorismo.

Impressiona a falta de profissionalismo com que é tocada boa parte das campanhas.

O ‘achismo’ dos palpiteiros ainda predomina nesta campanha.

Em Assú, tem divulgação das mobilizações que parece até que é eleição municipal. Não colocam o município em que o evento será realizado.

Na ânsia de chamar a atenção do eleitorado, teve candidato inventando umas ‘dancinhas’ ridículas.

Na preparação do carro para condução dos candidatos, os ‘voluntários’ esqueceram de iluminar o veículo e muitos populares nem enxergam os candidatos.

Na escolha dos locais a serem visitados parece que não foi levado em consideração o resultado das eleições passadas. O ‘acho que aquele local é o melhor’ parece que foi o fator decisivo.

Divulgação de percurso mal elaborado deixou populares esperando nas calçadas por carreatas que não passaram. E haja decepção.

Na divulgação das mobilizações, os candidatos de Assú se concentraram apenas nas redes sociais. Enquanto diariamente esse rabiscador recebia releases via e-mail de candidatos de várias regiões, dos daqui foram raros.

Parece que os candidatos nunca leram o conselho do jornalista Canindé Queiroz, do jornal mossoroense Gazeta do Oeste, que dizia que “tudo precisa ser feito ‘com régua e compasso’”.


Parceiro anunciante



4 comentários:

  1. Ontem em Assu anunciaram uma carreata saindo da Cohab. Muita gente esperando nas calçadas da Av. Senador e nada.

    ResponderExcluir
  2. O roteiro das carreatas nunca é seguido como divulgado. Todo mundo fica perdido ou sendo besta nas calçadas

    ResponderExcluir
  3. tem é muito BABÃO palpiteiro KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Antônio do Frutilândia

    ResponderExcluir
  4. Concordo. Falta uma coordenação profissional e não baseada nos pitacos

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.