quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Ciro Gomes em entrevista ao JN disse: “A ciência de errar é repetir as mesmas coisas do passado e achar que vai ter resultados diferentes. Precisamos livrar o Brasil da bola de chumbo do passado”

O candidato à presidente da República, Ciro Gomes (PDT), foi entrevistado por William Bonner e Renata Vasconcellos no Jornal Nacional, da TV Globo, nesta terça-feira. Ele afirmou que, caso eleito, pretende usar plebiscitos para mudar o modelo de presidencialismo de coalizão.

Reprodução
Também falou em abrir mão da reeleição e em financiar um auxílio de R$ 1 mil aos mais pobres com taxação de grandes fortunas.

Ciro Gomes, no final da entrevista ao JN, pediu votos de bolsonaristas e lulistas. Ele disse: “A ciência de errar é repetir as mesmas coisas do passado e achar que vai ter resultados diferentes. Precisamos livrar o Brasil da bola de chumbo do passado”.

Para observadores políticos Ciro Gomes acertou ao tratar de segurança pública como matéria a ser cuidada desde o plano federal e se mostrou sereno e ao mesmo tempo firme.

Esses analistas políticos afirmam que Ciro Gomes aproveitou bem os 40 minutos de exposição do JN, se mostrando como uma alternativa viável à polarização Lula x Bolsonaro, e pode ter entrado na cogitação de muitos eleitores ainda indecisos.

Agora é observar os resultados das próximas pesquisas eleitorais.


Parceiro anunciante


Um comentário:

  1. O presidente que o país precisa para acelerar de vez o desenvolvimento da nação por meio do incentivo estatal.

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.