quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Mexicano acusado de comandar cartel ligado ao narcotráfico, que estava custodiado na penitenciária federal de Mossoró, foi extraditado para os Estados Unidos

Foto: PF/RN
A Polícia Federal realizou nesta quarta-feira, 10, a extradição para os Estados Unidos, de um mexicano, 46 anos. O embarque aconteceu no aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante (RN), em avião da Drug Enforcement Administration (DEA), a agência norte-americana de combate ao narcotráfico.

O extraditado, que possui dupla nacionalidade, mexicana e norte-americana, havia sido preso pela Polícia Federal através da sua representação da Interpol no Ceará, no ano de 2017, em cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele é acusado de comandar o cartel de Jalisco Nueva Geración, organização ligada ao narcotráfico no México e até então aguardava o trâmite do seu processo custodiado na penitenciária federal de Mossoró (RN).

No Brasil, o estrangeiro também respondia a uma ação penal na justiça, já que entrou em território nacional usando um passaporte boliviano falso.


Parceiro anunciante


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.