terça-feira, 12 de outubro de 2021

Líder dos caminhoneiros critica presidente Bolsonaro por não assumir a frente no debate sobre preço dos combustíveis

Um dos líderes da greve dos caminhoneiros de 2018, Wallace Landim, conhecido como Chorão, revelou que a categoria não aguenta mais os seguidos aumentos no preço dos combustíveis e classifica a situação atual como pior que a do ano da paralisação nacional.

O representante da categoria elogiou a iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), em levar para o Congresso o debate sobre o tema e critica o presidente Jair Bolsonaro por não assumir a frente no debate e transferir responsabilidade aos estados.


Parceiro anunciante


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.