sexta-feira, 16 de julho de 2021

Vereador da base de governo critica programa da prefeitura de Assú e propõe ação para retomada do plantio de algodão

O vereador José Valterlanio, da base de governo do prefeito Gustavo Montenegro Soares, em sessão no legislativo assuense na noite desta quinta-feira, propôs aos colegas para que sejam pautados assuntos relacionados ao desenvolvimento econômico do município.

Ele ressaltou as potencialidades do município para as atividades agrícolas e disse que as pessoas que moram na zona rural precisam ser motivadas a praticarem a agropecuária como em tempos anteriores. Que é preciso criar uma expectativa de melhoria de vida para essas pessoas.

Valterlanio recomendou uma ação conjunta para o homem do campo entre as secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e da Agricultura. Uma das ações citadas pelo vereador foi a retomada do plantio de algodão, através da implantação de um projeto piloto.

Em seu pronunciamento ele fez críticas a forma como o programa da prefeitura de Assú de corte de terras [Terra Para Plantar] é desenvolvido. Para ele o programa tem sido utilizado por “pessoas que não plantam uma cova de feijão... um caroço de sorgo...”. E indagou: “Qual o benefício disso?”. Valterlanio disse que para alguns o corte de terra é apenas “uma declaração para a pessoa dizer que é agricultor no INSS”.

Confira o pronunciamento (a partir de 20:40) AQUI

Rabiscos do Samuel Junior: o pronunciamento do vereador José Valterlanio é uma clara demonstração que, ser da base do governo, não significa aceitar tudo que acontece na gestão. É preciso fazer críticas construtivas para a melhoria da administração municipal. E o mais importante: ele fez críticas e mostrou alternativas como ações governamentais.

Que o exemplo seja seguido.


Parceiro anunciante


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Colocar nome no comentário.