quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

A ‘peleja’ da Caern para retirada de bomba no poço de Tibau

Continua a ‘peleja’ da Caern para restabelecer o abastecimento de Tibau. Desde o dia 29 de dezembro do ano passado que foi iniciada a ‘peleja’ para o restabelecimento do fornecimento de água na cidade praiana do Oeste potiguar.

Confira os ‘capítulos da peleja’, em relatos da própria Caern:

29/12 - Início do problema com a queda dos componentes (colunas, cabos e conjunto motobomba) no poço. A bomba caiu quando a companhia realizava o rebaixamento do equipamento, a ação era necessária pela baixa do nível da água no poço.

30/12: - Içamento (pescaria) dos equipamentos. A Caern retirou os cabos e colunas do poço, entretanto a bomba ficou presa a uma profundidade de 380 metros

31/12 – Caern tentou montar o poço com outra bomba, mas não teve sucesso

01/01 – Nova tentativa de funcionamento do poço com outra bomba, mas a bomba presa impediu a passagem da água

02/01 - Caern confecciona novo equipamento pescador

03/01 - O pescador é utilizado no poço, com tentativas realizadas até a madrugada de 04/01, foram retirados do poço, canos PVC e resto de cabos

04/01 - Foram realizadas três tentativas de pescas sem sucesso, em cada descida eram feitos ajustes no pescador. O serviço seguiu até a manhã desta terça-feira (5)

05/01 - Caern está em tratativas para utilizar uma sonda para tentar resgatar a bomba

06/01 - Será iniciado o trabalho com uma sonda

_____________________________________________________________________________________



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.