segunda-feira, 21 de novembro de 2022

Servidores da UBS de Linda Flor mostram as precárias e insalubres condições de trabalho

Esse rabiscador tomou conhecimento de um documento enviado no dia 9 de novembro por servidores da Unidade Básica de Saúde (UBS) da comunidade Linda Flor ao prefeito de Assú, Gustavo Montenegro Soares.

No documento é comunicada “a paralisação total das atividades” da UBS a partir do dia 21 de novembro “em razão das precárias e insalubres condições de trabalho que a degradada estrutura física nos proporciona...”. Confira:

Reprodução

Em trecho do documento é ressaltada a abrangência das atividades da UBS. Confira:

Reprodução

O documento relata a situação dos ambientes da unidade de saúde. Confira fotos e texto:

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Ao final, o documento assinado por agentes de saúde, auxiliares de serviço gerais, técnico de enfermagem, enfermeiras e médica, afirma que “não pedimos muito, mas exigimos respeito e condições dignas de trabalho para os servidores e pacientes...”. Confira:

Reprodução

Procuramos mais informações e tomamos conhecimento que a secretaria municipal de Saúde publicou uma nota afirmando que “em nenhum momento foi omissa quanto a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Comunidade Linda Flor”.

E que atendendo “ao pleito dos moradores daquela comunidade, a Administração Municipal instaurou processo licitatório com a finalidade de realizar a reforma e ampliação da UBS”.

Diz a nota que a prefeitura se compromete a “iniciar a reforma da UBS Linda Flor tão logo sejam superados os trâmites burocráticos exigidos pela legislação vigente”.

Mas, a médica Anne Caroline Nóbrega fez um comentário na postagem da nota da secretaria. Ela afirma que em nenhum momento houve diálogo com os funcionários”. E que “a solução encontrada pela prefeitura foi simplesmente obrigar funcionários comissionados e contratados a trabalharem nessas condições insalubres. É triste ver gente que nem sabe onde fica Linda Flor e,por mera conveniência política, aplaudirem e apoiarem a “solução” do problema”. Confira o comentário:

Reprodução

Esse rabiscador tomou conhecimento que a médica Anne Caroline Nóbrega, que há 8 anos que atua na UBS de Linda Flor, foi transferida para a UBS de Vertentes. Médicos contratados e servidores comissionados vão atender em Linda Flor até que as condições precárias e insalubres sejam resolvidas.





14 comentários:

  1. Nossa isso é uma UBS? Imagine no matadouro publico!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. será que o slogan "gente cuidando de gente ainda funciona,?ou está fora do ar?

      Excluir
  2. SAMUEL, mostre os dois lados. Tem nota publicada pela Prefeitura Municipal do Assu, onde o prefeito Dr Gustavo, se compromete em solucionar tais problemas.
    Basta ver o Facebook da prefeitura do Assu e publicar também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto você não leu a matéria toda. Confira o que postei: "Procuramos mais informações e tomamos conhecimento que a secretaria municipal de Saúde publicou uma nota afirmando que “em nenhum momento foi omissa quanto a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Comunidade Linda Flor”.

      E que atendendo “ao pleito dos moradores daquela comunidade, a Administração Municipal instaurou processo licitatório com a finalidade de realizar a reforma e ampliação da UBS”.

      Diz a nota que a prefeitura se compromete a “iniciar a reforma da UBS Linda Flor tão logo sejam superados os trâmites burocráticos exigidos pela legislação vigente”.

      Excluir
  3. A Prefeitura Municipal do Assú, por meio da Secretaria Municipal de Saúde Pública, vêm a público informar que em nenhum momento foi omissa quanto a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Comunidade Linda Flor.

    Atendendo diligentemente ao pleito dos moradores daquela comunidade, a Administração Municipal instaurou processo licitatório com a finalidade de realizar a reforma e ampliação da UBS.

    Paralelo ao processo de reforma, também foi aberto procedimento administrativo com a finalidade de alugar imóvel residencial de maiores dimensões para abrigar, temporária e adequadamente, a referida unidade de saúde por período necessário a conclusão das obras.

    Ressalte-se que a Secretaria Municipal de Saúde vem trabalhando incessantemente na manutenção e garantia do atendimento em saúde aos munícipes residentes na Comunidade Linda Flor.

    Por fim, a Administração Municipal reforça o seu compromisso com o acesso universal e igualitário aos serviços de saúde por todos os cidadãos açuenses, comprometendo-se a iniciar a reforma da UBS Linda Flor tão logo sejam superados os trâmites burocráticos exigidos pela legislação vigente.

    Secretária Municipal de Saúde Pública.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem samuel !! Ensina essa pessoa a interpretar um texto kkkkkkkk

      Excluir
    2. Parece que o analfabeto é você. Kkkkkk

      Excluir
  4. essa nota so engana quem mora no trapia pois quem mora na varzea sabe q a muito a prefeitura vem c enrrolasao

    ResponderExcluir
  5. Nos blogs de oposição a vice Falsielle já nem é mais citada como parte da gestão. Cadê ela e os vereadores pra resolverem essa demanda? Só pensam neles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A responsabilidade é do Prefeito cassado e quase afastado pelos próximos dias.

      Excluir
    2. Fato é que a vice que também vai ser cassada e já está de namorinho com a oposição, está trabalhando contra o prefeito e levando os problemas da gestão para os blogs, assim como os vereadores dissidentes. Só não vê quem não quer. Essa gente não pensa na cidade, pensa em si e no seu projeto

      Excluir
  6. É verdade q o pref de açu é médico? Pela situação parece q não é

    ResponderExcluir
  7. O povo gosta de festa. Isso que é mais importante.

    ResponderExcluir
  8. Todas essas informações Samuel Nario recebe diretamente do gabinete do prefeito Dr Gustavo Soares, quem será essa nova traidora, seguidora da vice prefeita FALSIELLE?

    ResponderExcluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.