quarta-feira, 29 de junho de 2022

AIJE: Apresentadas alegações finais dos advogados de Gustavo Soares, Fabielle Bezerra, Romildo Queiroz e Rennan Alves

Os advogados de Gustavo Soares, Fabielle Bezerra, Romildo Queiroz e Rennan Alves apresentaram as alegações finais na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) por abuso de poder político contra Gustavo Montenegro Soares, Fabielle Cristina de Azevedo Bezerra, Romildo de Queiroz Minervino, Rennan Alves Monteiro, entre outros.

O advogado de Gustavo Soares e Fabielle Bezerra pede pela “IMPROCEDÊNCIA da presente Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), ante a não comprovação da existência de qualquer ato ilícito nos fatos apurados na presente Ação, bem como em razão da inexistência de participação, anuência ou conhecimento prévio dos candidatos GUSTAVO MONTENEGRO SOARES e FABIELLE CRISTINA DE AZEVEDO BEZERRA quanto a esses fatos”. Confira:

Reprodução da Justiça Eleitoral

O advogado de Romildo Queiroz pede o “julgamento improcedente da pretensão desta Ação em relação a ROMILDO DE QUEIROZ MINERVINO e ADRIANA CARLA DE MOURA, reconhecendo-se a invalidade das provas impugnadas e as delas decorrentes”. Confira:

Reprodução da Justiça Eleitoral

A defesa de Rennan requereu para “reconhecer o cerceamento do direito de defesa ante o indeferimento da impugnação ao laudo pericial e ao laudo pericial complementar...” e para “julgar totalmente improcedentes os pleitos vestibulares tocantes ao Investigado ora Peticionante”. Confira:

Reprodução da Justiça Eleitoral



Parceiro anunciante



5 comentários:

  1. Não adianta o engodo dos réus, já foi comprovado e o MPE pediu pela cassação. Agora é só o juiz confirmar e Assu se ver livre dessa gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. chora não bebe kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Eu chorar? Logo mais veremos de quem serão as lágrimas, rsrs

      Excluir
  2. Ja sabem que a cassação é certa, querem apenas livrar a vice. esta que está sempre no pé do prefeito em todo e qualquer evento/reunião ela tem que ficar inelegivel sim pq sabia e sabe de tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso. Ela sabia e se beneficiou igual do ilícito. Tem que ser cassada e ficar inelegível. E pros 22, a justiça merece respeito e vai cumprir seu papel.

      Excluir

Os comentários postados representam a opinião do leitor e não necessariamente do RSJ. Toda responsabilidade do comentário é do autor do mesmo. Sugerimos colocar nome no comentário para que o mesmo seja liberado. Ofensas não serão permitidas.